CINEMA MUNDO ECONOMIA CULTURA ESPORTES EDUCAÇÃO CONCURSOS CIÊNCIAS & SAÚDE
QUARTA-FEIRA, 24 DE ABRIL DE 2019
ULTIMA NOTÍCIA:
Peteco, STF revoga decisão de Fux e libera entrevistas com ex-presidente Lula
BUSCAR
   
  Notícias
Acontecendo
Africa
América do Sul
Automóveis & Motocicletas
Beleza
Brasil
Brasilia
Ciência & Saúde
Cinema & Teatro
Concursos & Emprego
Conteúdo
Cultura
Diversidade
Ecologia
Economia
Editorial
Educação
Entretenimento
Esportes
Gastronomia
Gente
Goiânia e Centro-Oeste
Goiás
Impecheament
Jurídico
Meio Ambiente
Moda
Mulher
Mundo
Música e Ritmos
Noite Rio
Planeta Criança
Policia
Politica
Poluição
Porto Alegre
Religião
Rio de Janeiro
RioPress
São Paulo
Saúde
Tecnologia
Tocantins
Turismo
União
Página Inicial / Notícias / Mundo
  Mundo
 
Ao menos 90 morrem pisoteados durante festival religioso na Índia
Data Publicação:14/10/2013

Ao menos 90 pessoas morreram pisoteadas na manhã de hoje, durante um episódio de pânico coletivo com peregrinos que cruzavam uma ponte para chegar a um templo na Índia.

Os fieis hindus celebravam o festival religioso de Navaratra em um pequeno vilarejo de Madhya Pradesh, Estado no centro do país. Outras cem pessoas foram internadas em hospitais da região.

"O caos começou com o rumor de que a ponte estaria caindo sobre o rio Sindh", disse DK Arya, inspetor da polícia local. Para fugir da estrutura que pensaram ruir, criou-se pandemônio e pessoas foram pisoteadas.

Policiais com cassetetes tentaram acalmar a multidão, segundo o inspetor, mas alguns integrantes da turba revidaram jogando pedras nos homens da lei. Um policial se feriu gravemente, diz a polícia.

Aos menos 91 pessoas morreram pisoteadas na manhã de hoje durante um festival religioso na Índia

Não é certo quantas pessoas havia na ponte no momento do incidente. A imprensa local afirma que 500 mil pessoas foram ao vilarejo, considerado sagrado, para o dia de celebração, que fechava o festival Navaratra. No período de dez dias, celebra-se Durga, divindade em forma de mulher que é conhecida como "a grande mãe" por hindus.

O governo ordenou investigação judicial sobre o incidente. Sonia Gandhi, líder do partido que chefia o Congresso, expressou em nota "choque e profunda angústia com o acontecimento trágico".

Em novembro de 2011, 16 pessoas morreram em um acidente similar, às margens do rio Ganges.




Fonte:folhapress



Nome:
E-Mail:
+ Notícia(s)
- Trump anula sanções contra Pyongyang por apreço a Kim Jong Un
- Guaidó chega a Bogotá para aumentar pressão contra Maduro na Venezuela
- Observadores da ONU para cessar-fogo no Iêmen chegam a Hodeida em meio a novos confrontos
- Itamaraty não recebeu notícias de brasileiros vítimas de tsunami
- Trump rejeita acordo para evitar paralisação do governo
- Devedor pode ter passaporte e CNH bloqueados até quitar os débitos; entenda
- Goodyear fecha fábrica na Venezuela e paga funcionários com pneus
- Graças à sonda InSight, a humanidade agora pode ouvir os ventos de Marte
- Trump e Xi Jinping concluíram trégua comercial
- Novo protesto contra o governo mergulha França no caos
Paginação:
     
MAIS PROCURADOS
Empresa
Reclamações
Regras de publicação


 
PRODUTOS
Publicidade
Artigos Acadêmicos
 
INTERAÇÃO
Contato / Reclamações / Sugestões
 
 
Folha do Brasil - Todos os Direitos Reservados de 2004 a 2014.